Posts com Tag ‘suplemento’

 

A menos que você tenha um diagnóstico firmado de um problema de saúde que exija o consumo de pequenas quantidades de proteína na sua dieta – e isso inclui severas restrições ao seu consumo de carnes e alimentos protéicos de origem vegetal na sua alimentação habitual, você não está contra-indicado ao consumo de proteína em pó em quantidades habitualmente prescritas pelos profissionais da área esportiva.

Analisando os estudos disponíveis sobre ingestão protéica e saúde renal, observa-se que não existem dados consistentes que afirmem a relação entre uma ingestão elevada de proteínas e prejuízo na saúde renal de indivíduos saudáveis. O fato da restrição protéica ser uma das principais medidas no tratamento de pacientes renais não pode ser estendido para pessoas saudáveis.

Após acompanhar MUITOS pacientes que usam suplementos protéicos por VÁRIOS ANOS posso concluir que uma ingestão protéica um pouco acima das atuais recomendações para praticantes de musculação (aproximadamente dois gramas/kg) não está relacionada a complicações renais em indivíduos saudáveis.

No entanto, antes de acrescentar mais medidas de proteína em seus shakes, devemos pensar se existe necessidade para isso. Existem pouquíssimas evidências de que uma ingestão protéica acima de dois gramas/kg promova o crescimento muscular, visto que o excesso seria convertido em glicose e usado como fonte energética, ou convertido em gordura e ser estocado. O que faz diferença nos resultados de muita gente não é aumentar a ingestão protéica mas sim a maneira como a quantidade de proteínas consumida é dividida ao longo do dia.

=> O ideal é que o praticante de musculação ingira proteínas em todas as suas refeições. Uma vez acertado a quantidade ideal de proteína para aquele indivíduo, que essa quantidade seja distribuída ao longo do dia. Nas três refeições principais – café da manhã, almoço e jantar, a disponibilidade dessas proteínas é fácil de ser obtida através da alimentação regular. Infelizmente nas refeições intermediárias, por motivos culturais, praticamente só dispomos de carboidratos e gorduras para nos alimentar. É nessa hora que a suplementação pode ser uma boa opção pela qualidade e praticidade oferecidas.

A INGESTÃO PROTÉICA IDEAL IRÁ DEPENDER DE DIVERSAS CARACTERÍSTICAS INDIVIDUAIS E DA FASE DE TREINAMENTO EM QUE O INDIVÍDUO SE ENCONTRA.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
1) Devia, L.; Huffman, J.; Mihevic, J.; Huszti, A.; Lowery, L. Dietary Protein, Resistance Training and Health: A Call for Evidence. J. Int. Soc. Sports Nutr. 2008; 5; 23.
2) Knight, E.L.; Stampfer, M. J.; Spiegelman, D.; Curhan, G. C. The Impact of Protein Intake on Renal Function Decline in Women with Normal Renal Function or Mild Renal Insufficiency. nnals of Internal Medicine, 2003; 138: 460-467.
3) Martin, W. F,; Armstrong, L. E.; Rodriguez, N. R.; Dietary protein intake and renal function. Nutr. Metab. (Lond). 2005;2:25.
Millward, D. J. Optimal intakes of protein in the human diet. Proc. Nutr. Soc. 1999; 58(2):403-13.
4) Poortmans, J.R.; Dellalieux, O. Do regular high protein diets have potential health risks on kidney function in athletes? Int. J. Sport Nutr. Exerc. Metab. 2000;10:28–38.
5) Rosenvinge, A.; et al. Changes in renal function during weight loss induced by high vs low-protein low-fat diets in overweight subjects. Inter. J. of Obes. 1999; 23(11):1170-1177.

Dr Luciano de Castro – Médico Nutrólogo

Anúncios

Olá meus amigos, hoje vou falar um pouco sobre alguns suplementos que são lançados com base no sucesso de outros, e isso é algo que realmente me assusta e ao mesmo tempo vejo como possui gente burra nesse mundo!

É normal ver um iniciante no treinamento com pesos entrar em uma loja de suplementos e o vendedor falar absurdos como “Toma esse que você vai crescer”
E mais comum ainda é ver que esses vendedores não possuem experiencia nenhuma, tanto profissional quanto na prática… Po, ta de palhaçada?!

Esses vendedores fazem tais afirmações sem nem ter conhecimento de como esta o treinamento do indivíduo e principalmente como esta sua dieta. Parece que eles esquecem também de dizer que como o próprio nome já diz, s-u-p-l-e-m-e-n-t-o, é aquilo que serve para suprir qualquer falta, ou seja, COMPLEMENTAR! E não o principal! Tanto o aumento de massa muscular, quanto a redução na gordura corporal dependem de uma série de fatores trabalhando em conjunto, e não será apenas uma cápsula ou pó milagroso que irá trazer os resultados tão sonhados.

Quero deixar claro que sou completamente a favor do uso de suplementos, o que estou dizendo é que sou contra a enganação e a propaganda enganosa que os vendedores fazem, ou até mesmo que algumas industrias de suplementos, principalmente as nacionais andam fazendo por ai, vou citar um exemplo que pra mim é um dos mais graves.

Acredito que todos conhecem o pré treino (pode ser chamado também de óxido nítrico, no2, vasodilatador, etc…)  Jack3d da USP Labs

Jack3d USP Labs

O nome do produto se pronuncia nos EUA como Jacked (que quer dizer “elétrico” ou “pilhado”). No entanto, no Brasil, prevalece a pronúncia Jack 3d.

Trata-se de um suplemento polêmico,que inclusive  já rendeu reportagens sensacionalistas na Tv. O Jack3d foi acusado de causar dependência por conta de substância estimulante presente em sua fórmula. Eu ia falar um pouco mais sobre o Jack3d, mas vou deixar isso para uma postagem futura.

Agora é quem vem o problema, aproveitando a onda de sucesso do Jacked, algumas industrias de suplementos como Athletica Evolution e Arnold Nutrition lançaram os seguintes produtos:

                 Athletica Evolution Pack3d                                 Arnold Nutrition – Arnold 3d

Athletica Evolution Pack3d

Arnold Nutrition – Arnold 3d

Repare que até mesmo a BLACK BOX WARNING (aviso que a FDA – órgão sanitário dos EUA – exige que seja estampado nos medicamentos para alertar o consumidor sobre questões de segurança, tais como efeitos colaterais e riscos inerentes ao uso do medicamento) do Arnold 3d é igual ao do Jack 3d. No Pack 3d também possui o aviso, mas um pouco diferente.

Pois é, ficaram assutados? Calma que agora que fica interessante!
O Jack 3d contém uma substância estimulante chamada 1,3-Dimethylamylamine (DMAA), a qual é considerada como doping de atletas pela WADA – World Anti-Doping Agency (Agência Mundial Antidoping). E também é uma substancia proibida no Brasil pela Anvisa.

E agora voce me pergunta, o Arnold 3d tem a tão poderosa substância estimulante?
O rótulo do Arnold 3d vendido no Brasil, que mescla inglês com português, diz que o Arnold 3d tem como substância ativa a cafeína, na quantidade de 420 mg por dose.

Por outro lado, no rótulo do Jack 3d, são indicadas as seguintes substâncias: Arginine Alpha-Ketoglutarate, Creatine Monohydrate, Beta Alanine, Caffeine, 1,3-Dimethylamylamine (Geranium [Stem], Shizandrol A.

Pois é, parece que a única substância presente no Jack 3d e que também está no Arnold 3d é a cafeína, mas quando acessamos o site da Arnold nos EUA, na página do produto Arnold 3d, temos mais uma surpresa!

A fórmula apresentada para o Arnold 3d é muito parecida com a do Jack 3d, contendo, inclusive, a substância estimulante 1,3-Dimethylamylamine.
Veja a fórmula do Arnold 3d apresentada pelo site do fabricante nos EUA: Arginine Alpha-Ketoglutarate, Creatine Monohydrate, Beta Alanine, 1,3-Dimethylamylamine (Geranium [Stem], Shizandrol A), Beta-Alanine, L-Taurine, N-Acetyl L-Tirosine, Caffeine Anhydrous, Niacin, Vitamin C, Red Wine Extract.

O que acontece é o seguinte, os fabricantes para poderem ampliar suar vendas reformulam os produtos de acordo com o que é permitido em cada país, no nosso caso por exemplo, as principais substancias são retiradas, sobrando somente o “resto” da formula pra nós.

Em relação ao pack 3d da Athletica Evolution, é a mesma coisa, mas como é uma industria brasileira eles não precisaram adaptar a fórmula para nós, afinal a fórmula deles é essa mesmo, que não se assemelha em nada quando comparamos com o Jack 3d, ou melhor, possui a cafeína, igual ao Arnold 3d modificado para poder ser vendido no Brasil.

Portanto podemos concluir que não vale a pena investir nessa imitações baratas que não chegam nem perto do tão conhecido e falado Jack 3D.

Meu próximo post aqui vai ser sobre o Jack 3d, aguardem!

abraços e bons treinos!

Shake pós-treino

Publicado: setembro 4, 2012 em Dieta e Nutrição, Suplementos, Treinos
Tags:, ,

Muito se fala hoje sobre os suplementos, e ainda existem os que sem ter conhecimento algum acabam criticando quem faz uso dos mesmos, mas enfim, vamos falar um pouco de um momento essencial para quem almeja ganhos, o período pós treinamento com pesos, é nessa hora que devemos sobrecarregar nossos corpos com muitos carboidratos e muitas proteínas, e é essa a finalidade do shake pós treino!
Vale lembrar que mesmo com o shake você deve fazer uma refeição sólida a base de carboidratos e proteínas, essa refeição deve ser feita pouco tempo depois de ingerir o shake, mas como o mesmo nos deixa “cheio” recomendo fazer a refeição aproximadamente 45 minutos após ter tomado o shake.

Pois bem, depois de um treino o seu corpo estará aclamando por nutrientes de reposição , portanto esse é o momento certo para ingerir o shake!
Existem muitos suplementos que podem ser adicionados ao shake pós treino, como a Creatina, Glutamina, e o conhecido Bcaa, mas nenhum destes é tão importante quanto a proteína de rápida absorção, que no nosso caso é o também conhecido Whey Protein que é absorvido diretamente pelo intestino, que é o mesmo local da absorção da glicose, e não menos importante o carboidrato de alto índice glicêmico, a Dextrose ou o Malto. Também é importante salientar que deve ser misturado com água, ingerir com leite pode demorar o processo de absorção.
Aproveito para dar uma dica a todos, nunca utilizem somente o whey no pós treino pois o seu corpo irá utilizar a proteina como fonte de energia! Por isso devemos sempre tomar juntamente com um carboidrato de alto índice glicêmico.

Jay Cutler preparando seu shake

Portante deixo aqui um exemplo de shake pós-treino a ser consumido com 300ml de água.

Whey protein 30-40g
Dextrose 40-50g
Creatina 5-10g
Glutamina 15g

* Não adicionei o Bcaa pois ja estão presentes em quantidades significativas nos wheys mais comercializados (Optimum, Universal, Designer, Probiótica…)
**Recomendo  que comprem uma coqueteleira para o preparo, é só agitar bem e esta pronto.

Vale lembrar também que os suplementos não são essenciais! É somente uma maneira de acelerar o processo.

Bom treino a todos!
G.C.P